domingo, 23 de outubro de 2016

Amal



.


Amal pode ser considerado um nome tanto masculino quanto feminino, embora a maior incidência seja como nome feminino. Significa “esperança, aspiração” em árabe, enquanto em hebraico significa “trabalho”. Este foi o nome de um personagem brevemente citado no Antigo Testamento.

Na Bósnia, é usada a variante Amela, que em 2014, ficou no 92º lugar (Bósnia e Hezegovina). Ele aparece no ranking desse país desde 2012, e é usado exclusivamente no feminino. Na Holanda, Amal, nessa grafia, é usado como nome feminino e figurou no ranking de 2009 na 485ª posição.

Acredito que no Brasil, seja pela semelhança com Jamal, que é o nome do filho da atriz Isabel Filardis, seja pela terminação sugestivamente masculina, acredito que Amal fica mais adequado para um menino.


Porém, internacionalmente, ele é mais vislumbrado como nome feminino, especialmente após George Clooney ter se casado com a advogada Amal Ramzi Junia Alamuddin. Ela é uma inglesa descendentes de uma família libanesa e é esposa do ator desde 2014. Talvez por isso o nome tenha começado a aparecer com tímidos registros em países anglófonos. 

Em São Paulo, no ano de 2015, consta um registro de Amal, embora a gente não faça a mínima ideia se é um garoto ou uma garota, visto que a lista da Arpen/SP não separa os nomes por sexo. Outros nomes com a mesma terminação registrados são Jamal e Kamal.



.