domingo, 25 de setembro de 2016

Ingo

.

Ingo é a forma masculina alemã de Inge, que é um diminutivo de nomes escandinavos que começam com o elemento Ing, que se refere ao deus germânico. Na Suécia e na Noruega, esse é essencialmente um nome masculino, sendo que em outros lugares, Inge é geralmente usado como feminino.

O deus Ing, deus da Terra e da Fertilidade, de quem os Anglos se diziam descendentes, acabou gerando o nome “ingleses” e ainda batizou a “Inglaterra”. É a mesma raiz etimológica do primeiro elemento encontrado em Ingrid.

É o nome de dois medalhistas olímpicos, Ingo Appelt e Ingo Steuer (patinação artística). Ingo é um diminutivo de Ingomar, Ingulf (germânico), Ingolf (alemão moderno), Ingi, Ingimárr, Ingólfr (escandinavo antigo), Ing (mitologia germânica), Inge, Ingolf (norueguês), Inge, Ingemar, Ingmar, Ingolf (sueco).

Os brasileiros estão razoavelmente habituados em ouvir o nome Ingo através da popularidade na mídia do automobilista brasileiro Ingo Hoffmann. Entretanto, nas listas disponíveis de nomes registrados, aparece apenas 1 registro de Ingo no estado de São Paulo em 2015 (Arpen/SP).


Este foi o nome de vários reis, entre eles: Ingo I, ou Ingo, O velho, rei da Suécia por volta de 1080, Ingo II, ou Ingo, o Jovem, rei da Suécia até 1118. Além disso, Ingo II, Rei da Noruega até 1217 e ainda Ingo Haraldsson, O Corcunda, rei da Noruega até 1161, assim como vários outros monarcas e nobres da Suécia e Noruega. 

Acredito que Ingo tenha pouca repercussão por não ter sido descoberto ainda pelos brasileiros, pois encaixa-se em vários critérios dos nomes da moda, como ser curto, de fácil pronúncia e entendimento e com um Quê de internacional. Além disso, tem a sonoridade boa e é elegante. 

Ingo é um belo nome a ser descoberto e considerado pelos pais e mães que estão escolhendo um nome agora. 


.