quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Algernon



Algernon é um sobrenome francês, derivado de Gernons aux, “com bigodes”, que foi aplicado a William de Percy, um companheiro de William, o Conquistador. Foi usado pela primeira vez como nome próprio no século 15, por um descendente de William de Percy. Ele também foi usado como um apelido para Eustace II, conde de Boulogne .

O único ranking no qual ele aparece é dos Estados Unidos, mesmo assim em 1886, na 959ª posição. É curioso ser um nome normando, afinal, ele parece muito mais grego (lembra o navio Argo). De qualquer forma lembra as palavras “álgebra”, Argélia, etc.

Algernon é o nome do personagem principal do livro “Flores para Algernon”, de Daniel Keyes, um relato de ficção científica. Há também um personagem de Oscar Wilde com esse nome.

Algernon Charles Swinburne era um poeta britânico famoso, da era vitoriana que inventou uma forma de verso chamado de “roundel”.

O seu uso hoje em português seria absolutamente bombástico. É até difícil de achar uma palavra para definir o quão ousado seria: entretanto, Algernon tem um problema de pronúncia pois ele trava um pouco a língua, e algumas pessoas poderiam ter alguma dificuldade em dizê-lo corretamente.

Referências: Algernon Ashton, compositor inglês; Algernon Blackwood, escritor inglês; Algernon Capell, segundo conde de Essex ; Algernon de Courcy Lyons, fotógrafo e escritor galês; Algernon Keith-Falconer, nono conde de Kintore;



.