quarta-feira, 6 de julho de 2016

Mael

.

Mael é a forma bretã do francês Maël, que foi derivado de uma palavra celta que significa “chefe” ou “príncipe”. O termo Mael aparece nos nomes bretões Armel (arzh-mael, urso forte) e Maelgwn (cão forte).

A Wikipédia francesa dá como variantes masculinas os nomes Maelan, Maeldan, Maëlig, Maelwen, Maëlou, Mae, Mailloc, Mel, Meal. E acrescenta também as formas femininas bretãs Maelann, Maelenn, Maelez. Também aponta diminutivos tradicionais franceses (Maëlig, Maëlan) e derivados anglicizados:

Maëlana, Maëlane, Maëlanne, Maële, Maëleen, Maëlen, Maëlle, Maëline, Maëlise, Maëlisse, Maëll, Maëlla, Maëllanne, Maëlle, Maëllia, Maëllie, Maëly, Maëlya, Maëlyn, Maëlyne, Maëlig, Maëlys (não confundir com o nome Maylis), Maëlysa, Maëlyse, Maëlysse.
São Mael foi um eremita bretão do século 5 que viveu no País de Gales. Também foi suportado por Máel Sechnaill mac Domnaill, um rei da alta Irlanda. Já no País de Gales, Mael é o nome do lendário filho de Roycol.

Embora pouco conhecido no Brasil, Mael é o 80º nome masculino mais popular na Suiça e o 21º na França. As formas femininas deste nome são Maela, em bretão e Maelle, em francês. Apesar da crescente popularização de Gael, os brasileiros ainda não descobriram Mael: nenhum registro foi encontrado na lista da Arpen/SP (2015). Portanto, é uma ótima alternativa para quem gosta de Gael mas quer fugir dos nomes “modinha” do momento.

No Brasil, com frequência, é usado como apelido de Ismael ou outros nomes terminados assim. Acho Mael um nome incrivelmente bonito, que tem uma doçura e leveza tão necessária a nomes masculinos, que geralmente são pouco suaves.

Santos Cristãos:

Mael (século V), irmão de St. Patrick e sobrinho de St. Rieg. É comemorado em 24 de Maio.

Mael Ruain de Tamlacht (+ 792), abade e bispo de Tamlacht (Tallaght) perto de Dublin, na Irlanda; comemorado em 7 de julho.

Personalidades

Mael, um conhecido cartunista francês.

Mael, um famoso cantor francês.

Mael Thébault: Cantor francês e saxofonista

Na literatura, Mael é o nome de um dos vampiros em “The Vampire Chronicles”, Crônicas Vampirescas, no Brasil, de Anne Rice. Como um mortal, ele era um sacerdote druida da Gália (aproximadamente, a França atual).




.