quinta-feira, 7 de julho de 2016

Heliodora




Heliodora é a forma feminina de Heliodoro, que tem origem no grego, e quer dizer “dádiva do sol” ou “presente do Sol”, uma vez que 'Ηλιοδωρος (Heliodoros), derivado dos elementos "ηλιος (Helios)" sol "e δωρον (Doron)" presente ". São Heliodoro era um bispo de Altino no quarto século.

Falando-se no termo “doron”, que significa presente, a mesma significação está presente em Teodora, Apollodoro, Isidoro, Isadora, etc.

No Brasil, temos conexões históricas muito legais, já que Barbara Heliodora Guilhermina da Silveira foi heroína da conjuração mineira. Inclusive, Heliodora, um município brasileiro do estado de Minas Gerais foi nomeado em homenagem à ela.

Embora eu não tenha ideia se isso é ou não uma variante válida, achei várias pessoas na Internet, de países hispânicos, com o nome Heliadora.

Na Wikipédia italiana encontrei a variação masculina Eliodoro, sem o H, e a variante feminina Eliodora (É impressionante como tirando o H fica esteticamente muito melhor). Nessa mesma fonte encontrei variantes masculinas: Eliodor (albanês), Heliodorus (latim), Heliodor (polonês), Liodru, Liotru, Diodru (siciliano).

Esse nome nunca foi popular no Brasil, muito menos agora, onde não encontramos nenhum registo nas listas disponíveis. É um nome ousado, longo, classudo, perfeito para ser usado por alguém com muita personalidade.

Referência:

Heliodora Carneiro de Mendonça, amplamente conhecida profissionalmente como Barbara Heliodora, foi uma professora, ensaísta, tradutora e crítica de teatro brasileira, além de reconhecidamente uma autoridade na obra de William Shakespeare.




.