segunda-feira, 11 de julho de 2016

Grigori

.
Grigori é uma das formas russas de escrever e pronunciar o nome cujo equivalente em português é Gregório e em inglês é Gregory, que vem do latim “gregorius”, significando “vigilante, alerta”. Esse nome foi popular entre os primeiros cristãos, sendo levado por inúmeros santos importantes para a Igreja Católica, incluindo São Gregório Taumaturgo (séc III), São Gregório de Nissa (séc. IV), São Gregório de Nazianzo (séc. IV) e São Gregório de Tours (séc. VI). Também foi o nome de vários papas, incluindo São Gregório I, o Grande, reformador e Doutor da Igreja, e seus 15 papas subsequentes.  

A notoriedade desses santos fez com que o nome fosse usado no mundo cristão durante toda a Idade Média, se mantendo atual inclusive até hoje, em suas várias grafias e adaptações para diferentes línguas.

Variantes: Grigoriy, Grigory

Diminuto: Grisha

Outras línguas: Grigor, Krikor (Armenian), Grigor (búlgaro), Grgur, Grga (croata), Řehoř (Checo), Gregers (dinamarquês), Gregory, Greg, Gregg (Inglês), Reijo, Reko (finlandês), Grégoire ( francês), Grigol (Geórgia), Gregor (alemão), Gregorios (grego), Gergely, Gergő (húngaro), Gréagóir (irlandês), Gregorio (italiano), Gregorios, Gregorius (Final grego), Grigorijs (letão), Grigor, Gligor (macedônio), Gregers (norueguês), Grzegorz (polonês), Grigore (romeno), Gregor, Griogair, Greig (escocês), Gregor (eslovaco), Grega, Gregor (esloveno), Gregorio, Goyo (espanhol), Greger ( Sueco), Hryhoriy (ucraniano), Grigor (Welsh).

Acredito que um dos portadores mais famosos do nome Grigori tenha sido o Rasputin, conselheiro do czar Nicolau II da Rússia, que galgou poderes dentro da corte do czar dizendo que podia curar as doenças do filho do czar, Alexei, que tinha hemofilia. No entanto, acredita-se que ele era de pouca confiança e participou da conspiração contra a família do czar. Seu nome completo era Grigoriy Yefimovich Rasputin  e ele acabou assassinado.

De acordo com o Livro do Enoque, um apócrifo, “Grigori” foi o nome dado aos anjos caídos que deixaram sua habitação original no céu para descer a terrae se misturar as humanas, produzindo a raça Nefilim. Inclusive, Daniel Grigori é um personagem da série Fallen, escrita por Lauren Kate, que tem como tema os “anjos”.

De acordo com Enoch 15:1 "Então dirigindo-se para mim, Ele falou e disse: Ouve, não se atemorize, justo Enoque, tu escriba da retidão: aproxima-te para cá, e ouve a minha voz. Vai, dize às Sentinelas do céu, a quem te enviei para rogar por eles; tu deves rogar pelos homens, e não os homens por ti. 2: Portanto, deves abandonar o sublime e santo céu, o qual permanece para sempre; deitastes com mulheres; vos corrompestes com as filhas dos homens; tomaste-a para ti esposas; agistes igual aos filhos da terra, e gerastes uma ímpia descendência."

Segundo Enoch 7:9 os líderes destes anjos seriam: Samyaza, que era o seu principal, Urakabarameel, Akibeel, Tamiel, Ramuel, Danel, Azkeel, Saraknyal, Asael, Armers, Batraal, Anane, Zavebe, Samsaveel, Ertael, Turel, Yomyael, Azazyel (Também conhecido como Azazel). Estes eram os perfeitos de 200 anjos, e o conhecimento estava com eles.

Para quem leva muito a sério superstições ou então que tem uma ligação religiosa muito forte, talvez Grigori não seja uma boa ideia. Se nada disso for o caso, acho Grigori uma excelente opção: ele é bem mais leve e moderado que Gregório, e ao mesmo tempo, se afasta dos nomes anglófonos, que ficaram consideravelmente fora de moda, como Gregory. Além disso, todo nome russo tem aquele charme especial, pelo menos para mim, já que adoro vários, como Andrei, Dimitri, Vladimir, Nikolai, etc. Portanto, acho Grigori a melhor versão desse nome, sem sombra de dúvida.


Em São Paulo, no ano de 2015, não houve nenhum registo de Grigori, o que demonstra que ele é raro e ainda inexplorado nos registros brasileiros, de acordo com a Arpen/SP. 



.