quarta-feira, 18 de maio de 2016

Elora



Apenas uma menina chamada Elora nasceu no estado de São Paulo em 2015, segundo a lista oficial da Arpen/SP. Não temos como afirmar nada em relação ao resto do país, mas tendo essa amostra, podemos dizer que Elora é um nome raríssimo no Brasil. Uma preciosidade. 

Elora é um nome que, em algumas fontes, é dado como o nome místico e lendário de uma certa rainha das fadas, dentro de um universo mitológico celta. De fato, sendo esse o significado real ou não, Elora é um nome que encaixa-se muito bem numa “rainha das fadas”. É um significado que eu gosto e que bem podia ser o verdadeiro!

Aliás, o significado é tão enraizado para mim que, só para contrariar, usei uma foto de sereia para ilustrar esse texto. Um ser mitológico, no fim das contas. 

Mas ao pesquisar mais sobre o nome, vê-se que sua origem é bem controversa. O Behind The Name só expõe esse nome como submetido por um usuário, então não é 100% garantido a correta etimologia. Mas eles falam que Elora seria uma contração de Elnora, que viria de Eleanora (uma forma de Leonora, Leonor, Eleonora, etc.)

Elora é uma comunidade em Ontário, Canadá, nomeada a partir de um navio que pertencia ao irmão do fundador. O nome do navio teria sido inspirado pelas grutas de Ellora, perto de Aurangabad, Maharashtra, Índia. Esse lugar é um sítio arqueológico que consiste em 34 cavernas artificiais escavadas entre os anos 600 e 1000 d.C. para a construção de templos e mosteiros. São as chamadas Grutas de Ellora (Ellora Caves), declaradas patrimônio mundial pela UNESCO em 1983. 

Para ser ainda mais confuso, além das já citadas, há fontes que dão Elora como um nome hebreu que significa "Deus é minha luz".

Elora Danan é um protagonista do filme Willow (1988). Na verdade, eu gosto de qualquer nome terminado em “ora”, qualquer um mesmo, então sou suspeita. Mas acho que Elora é um nome com associações muito positivas, que cabe muito bem a um bebê como vai envelhecendo bem junto com a sua portadora, não sendo infantilizado para uma adulta ou uma velhinha.

É também um nome respeitável, não vai causar nenhum problema em qualquer ambiente que a pessoa venha a freqüentar. No ambiente de trabalho, por exemplo, pode soar formal e profissional sem nenhum problema. Embora seja curtinho, apenas 5 letras, é um nome com forte presença, é marcante, e não consigo imaginar um composto onde ele fique harmonioso. Em geral, acho que é um nome para usar sozinho, brilhante, majestoso, único.


Acho que se parece bastante com Elena, Elisa, e também com outros nomes cuja terminação é semelhante como Isadora e Teodora, sendo que o primeiro está bem em alta nas listas brasileiras. 



.