quinta-feira, 28 de abril de 2016

Diná, Dinah & Dina

.

Dinah significa “julgada” ou “Deus julgará” em hebraico. No Brasil, pronunciamos Diná, e por isso, essa variação acabou surgindo entre grafias registradas aqui. Mas em Portugal, por exemplo, pronuncia-se “Dína”

No Antigo Testamento ela era filha de Jacó e Lia. A única mulher do total de 12 filhos que Jacó teve (com Lia e com uma escrava), que viriam a fundar as 12 tribos de Israel. A titulo de informação, o nome dos 12 filhos de Jacó são: Rúben (Gênesis 29,32), Simeão (Gênesis 29,33), Levi (Gênesis 29,34), Judá (Gênesis 29,35), Dã (Gênesis 30,5), Naphtali (Gênesis 30,7), Gad (Gênesis 30,10), Aser (Gênesis 30,12), Issacar (Gênesis 30,17), Zebulun (Gênesis 30,19), Diná (filha) (Gênesis 30,21), José (Gênesis 30,23), e Benjamin (Gênesis 35,18). No Livro do Êxodo 1,5 fala que os descendentes de Jacó eram 70 pessoas.

Em 1994, a Rede Globo exibiu a novela “A Viagem”, em que a protagonista chamava-se Diná/ Dinah, interpretada pela Christiane Torloni. Era uma novela temática em torno de vidas passadas, mas não creio que tenha alterado em alguma coisa os registros, especialmente por que se tornou caricato no Brasil após o sucesso da Mãe Dinah, mulher vidente que fazia previsões.

Evidentemente, outras etimologias apontam Dina como diminutivo de todos os nomes com a terminação –Dina como Bernardina. Ainda, fala-se  numa palavra árabe que significa “acreditar” e na Suécia, Dina significa “tua”.

No contexto histórico da escravidão norte-americana no século XIX, o nome Dina era usado de forma pejorativa para se referir às escravas de origem africana, costume que se perdeu com a abolição, felizmente. 

Hoje, americanos já tem outras referências melhores para associar: a atriz e modelo Dina Merril, atriz americana Dina Meyer e Dinah Shore, e a eterna cantora de jazz e blues Dinah Washington. Lembrando que nos EUA e em países de Língua Inglesa, a pronúncia é algo como “Daina” com ênfase no Dá.


.