quarta-feira, 20 de abril de 2016

Céu

.

Meu primeiro contato com o nome “Céu” foi através de uma revista antiga, talvez tenha sido uma Marie Claire, de muito tempo atrás, que noticiava a estréia de uma cantora chamada assim. Ela é, na verdade, Céu (estilizado como Céu), nome artístico de Maria do Céu Whitaker Poças, uma cantora e compositora brasileira de música popular brasileira.


Naquela época eu estava em uma onda muito hippie dos meus gostos onomásticos, e adorei! Coloquei na minha lista, e lá ele ficou por muito tempo ao lado de Rubi, Pérola, Cristal, Lua, Sol... Acabou que eu não tive tanta coragem naquela época, e escolhi um literal sim, mas em outra língua (Paloma, pomba, em espanhol).


Eu achava extremamente fofo chamar uma filha de Céu, até por que, os filhos são, de certo modo, um pequeno pedaço de Céu para seus pais. O Céu é a fonte de inspiração para poemas, canções, para histórias fantásticas, entre tantas coisas. Inspira a humanidade em diversas áreas, inclusive na Religião. Para muitos, Céu e paraíso são sinônimos.


Apesar de Céu ser uma palavra masculina (o Céu, e não ‘a Céu’), é suposto ser um nome tradicionalmente feminino. Tradicionalmente sim, por que em Portugal, Maria do Céu é um composto clássico. Maria do Céu é mais um epíteto de Nossa Senhora, E Portugal é um país muito católico, e por isso, em Portugal só é permitido Céu como segundo nome e precedido pela partícula “do”.


Em 2014, apareceu na lista portuguesa uma menina chamada apenas de Céu, mas possivelmente trate-se de filha de pais estrangeiros ou com dupla nacionalidade. Maria do Céu obteve quatro registros, uma escolha segura e próxima da religião. Já no Brasil, não há menções de registros de Céu e nem de Maria do Céu, embora nenhum dos dois sejam garantidos de acordo com nossas listas, pois primeiramente, a lista da Arpen/SP só computa nomes com acima de 11 registros, e em segundo lugar, a lista não separa nomes simples de nomes compostos.


Para quem ame nomes ligados à natureza, que remetam a objetos, coisas, sentimentos literais, que estejam associados à tendência hippie, Céu me parece ser uma escolha muito interessante, ousada e cheia de estilo. 


.