terça-feira, 26 de abril de 2016

Calíope, Calliope e Kalliope

.


Começo desafiando: se pode Penélope, por que não pode Calíope? A terminação “ope” é igualzinha, e a sílaba tônica também. Ambos são nomes da mitologia grega e tem essa aura extra-sensorial tão valorizada por muitos. Eu, particularmente, sempre gostei muito dos nomes associados com a mitologia (seja grega, romana, nórdica, etc.), e Calíope/Calliope me parece bem usável nos dias de hoje.

O nome é de fácil escrita, leitura e pronúncia. Não há nada de complicado nele. Além disso, é forte, imponente, impactante, e muito, mas muito raro. É extremamente improvável que uma menina chamada Calíope venha a encontrar uma xará entre seus colegas de escola.

Quanto ao significado, Calíope / Calliope é um nome que significa “bela voz”, de acordo com os elementos kallos (beleza) e ops (voz). Calíope e Calliope são formas latinizadas do nome, que na grafia original, se escreveria Kalliope. Na Grécia, Calla e Callia são apelidos corriqueiros, enquanto em espanhol pode-se citar Cá, Calí e Li, e em inglês Callie e Poppy (?!).

Em 2012, nos EUA, nasceram 142 meninas batizadas com a grafia Calliope. No Brasil esse nome, em qualquer uma das grafias, está bem longe de ser popular. Em Portugal nem sequer é permitido.

Segundo a mitologia, Zeus – o deus supremo – e Mnemósine – a deusa que personificava a memória – tiveram 9 filhas, as musas. Eram elas: CalíopeClio,ÉratoEuterpeMelpômenePolímniaTerpsícoreTália Urânia.

Calíope foi a primeira a nascer e costuma ser considerada a mais distinta e sábia. Por esse fato, sua representação tem um ar majestoso, mostrando uma jovem mulher coroada, simbolizando, de acordo com Hesíodo, sua supremacia dentre as irmãs. Calíope foi a musa da poesia épica e da eloqüência, tendo por missão inspirar os humanos a se tornarem criativos na arte e na ciência.

Vários autores se dirigiam a ela, invocando sua inspiração. Dois exemplos seguem abaixo:

“Agora tu, Calíope, me ensina
O que contou ao Rei o ilustre Gama;
Inspira imortal canto e voz divina
Neste peito mortal, que tanto te ama.
Assim o claro inventor da Medicina,
De quem Orfeu pariste, ó linda Dama,
Nunca por DafneClície ou Leucotoe,
Te negue o amor devido, como soe.”
Os LusíadasCamões.

"Ressurja aqui a poesia morta,
ó santas Musas, pois que vosso eu sou;
e apareça Calíope junto a mim
unindo ao canto meu seu puro canto
do qual as míseras Piérides sentiram
o castigo cruel da sua audácia."
Divina ComédiaDante Alighieri.


Há algumas referências para o nome:

  • Calíope/Calliope: instrumento musical inventado nos Estados Unidos por volta de 1850. Funciona com o uso de gás, vapor ou ar comprimido em grandes tubos e apitos, originalmente oriundos de locomotivas;
  • Calliope Torres, personagem de Grey's Anatomy, interpretada por Sara Ramirez;
  • Calliope, uma das meio irmãs malvadas de Cinderella numa versão de Rogers & Hammerstein do clássico;
  • Calliope, personagem dos livros Ecstasia (1993) e Primavera (1994), da autora norte americana Francesca Lia Block;
  • Calliope Jones, personagem de Days of Our Lives, interpretada por Arleen Sorkin;
  • Calíope Corcovia, blogueira brasileira;
  • Calliope Gerânio, uma flor;
  • Stellula Calliope, um beija-flor;
  • Calliope: nome de uma cidade e de um rio no estado de Queensland, Austrália. Na localidade há também um museu, o Calliope River Historical Village.


Referências:

Caroline Rodrigues. Calíope. O Blog dos Nomes.

Behind The Name. Calliope.

Wikipédia. Calíope.  

.