terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Getúlio


.


Getúlio é a forma espanhola e italiana de Getulius, que é uma ortografia variante do nome Gaetulius. Esse nome tem duas possíveis origens etimológicas: uma delas é que significa “habitante de Gaeta”, uma cidade italiana que deriva, em última análise, da palavra grega Kaiétas (cavernas). Essa possibilidade tornaria Getúlio um parente de Caetano.

A outra possibilidade é que derive de Gaetulia, uma região no norte da África nomeada pelos romanos após a palavra Gaetuli, uma tribo berbere que habitava essa área. Esse território corresponde hoje a áreas litorâneas da Tunísia e da Argélia situadas entre a cordilheira do Atlas e mar Mediterrâneo. Evidentemente, essa etimologia é a que parece bem mais verdadeira.

No Dicionário de Nomes Próprios consta que Getúlio teria origem no fenício ghetti Baal, a partir do latim Gaetulus, e quer dizer “povo de Baal”. Acredito que essa afirmação seja totalmente inventada.

Um portador desse nome foi São Getulius, um santo do século II, e marido da Santa Sinforosa. Getúlio é venerado juntamente com Amâncio (Amancius), Cerealo (Caerealis) e Primitivo (Primitivus), como mártir e santo. Acredita-se que eles tenham morrido na cidade de Gábios.

No Brasil, o  portador mais famoso com certeza foi o ex-presidente Getúlio Vargas. Vários homens foram nomeados em homenagem à ele no seu tempo. Mas também podemos citar Getúlio Alviani, artista plástico italiano e Getulio Agostini, um botânico venezuelano.

Hoje em dia, não há registros de Getúlio nas listas disponíveis. Acho um nome másculo e bem sonoro, talvez pela associação imediata a Túlio. Acredito que caia bem em um homem maduro, mas que talvez as pessoas tenham dificuldade em associá-lo a uma criança. Hoje em dia, talvez seja um nome usado por pessoas idealistas que ainda desejam homenagear Getúlio Vargas. Imediatamente associamos o nome à figura política, e por isso talvez, muitos o descartem.