quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Dom, Bem e Liz: o nome dos filhos de Luana Piovani




No ano passado a atriz Luana Piovani trouxe ao mundo gêmeos muito fofinhos, a quem chamou de Liz e Bem. A atriz já tinha o Dom, o menino mais velho. Obviamente, ela seguiu o padrão das três letras, e apesar de Liz ter fugido à regra, Dom e Bem seguiram uma lógica de adjetivo (Meu Dom, Meu Bem), palavras literais.

Os três nomes soam como apelidos, infelizmente, por causa das três letras e também pela conotação. Afinal, Bem é advérbio, adjetivo e interjeição, mas nome próprio está bem difícil. Segundo minha imaginação, o trio poderia ter sido:

Dominic/ Domênico: Seriam nomes lindos e poderia ser usado “Dom” como apelido (Assim como em Velozes e Furiosos). Ambos tem origem no latim e querem dizer “domingo”. Entretanto, acho que Luana quis dar a conotação de “dádiva/ talento” ao nome do seu filho.

Elisa / Elisabeth: Ambos são nomes elegantes e classudos, que poderiam ter Liz como um apelido. Os dois querem dizer “Meu Deus é abundância” e tem origem no hebraico. Já Liz, apesar de ser diminutivo, remete à Flor de Lis.

Benjamim/ Bento/ Benício/ Benedito: São vários nomes que podem gerar o apelido Ben, e além disso, as crianças geralmente adoram, afinal, é o nome do Ben 10. Bem já é um pouco complicado. Num fórum que eu participo (sobre nomes) uma pessoa brincou: “Legal, agora ela vai declarar o filho "Bem" como patrimônio e não como dependente no IR” (**Imposto de Renda).

Luana Piovani quis usar palavras literais para nomear os filhos, mas Liz fugiu do conjunto. Na época do nascimento, lembro de outra brincadeira que foi feita nos fóruns de nomes: foi dito que Luana deveria ter posto Lia, afinal, poderia combinar uma frase inteira: “Dom Lia Bem”.

De qualquer modo, parece que as famosas se sentem pressionadas a lançar tendências, e as vezes, algumas não são muito legais. Ou isso, ou fazem escolhas terrivelmente obvias, daqueles nomes chatinhos que estão no topo das listas e rankings disponíveis no Brasil.

Como bem lembrou a amiga Czarine (BabyCenter), considerando as escolhas recentes da Mallu Magalhães (Luísa, igual ao 2o. nome dela), da Carol Trentini (Benoah Jacob, inventado, e o segundo igual ao do irmão), da Bárbara Borges (Theo Bem, não combinou e 2o. igual ao irmão também), acho as opções da Luana Piovani bem bacanas até.


O trio ficou harmônico, apesar de tudo. Os nomes-apelido que ela escolheu, afinal, são bonitos. Vamos aguardar as listas de 2016 para ver se essas escolhas vão repercutir ou não no número de registros (uma vez que Theo, da Sandy, está inevitavelmente disparando). 



.