quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Delphine

.


Delfina é um daqueles nomes que infelizmente, no presente momento, fazem parte de um conjunto de nomes que não é possível usar. Já sua versão francesa, Delphine, tem outra "vibe", pela terminação e pela grafia esteticamente mais bonita. 

Delphine é portanto, a forma feminina francesa do nome Delphinus, que significa "de Delphi", sendo que esta era uma cidade na Grécia antiga, nome que possivelmente é relacionado ao grego δελφυς (Delphys), ou seja, "útero". 

Modernamente, está associado ao golfinho, já que em espanhol o nome do animal é "Delfín", e a nomenclatura possui desmembrações parecidas em outras línguas: delfini (maltês), delfino (italiano), delfinas (lituano), etc. Existe também uma flor azul chamada delphinium. 

Outras línguas: Delfina (italiano), Delphina (Final romano), Delfina (Espanhol)

Como todos os nomes franceses, é bastante sofisticado, mas ao mesmo tempo tem um ar brincalhão. Não é daqueles nomes estrangeiros que tem aquela impressão vulgar e americanizada, muito pelo contrário, soando impressionante como primeiro nome e também adequando-se bem em compostos. 

Uma referência do nome é Delphine Michèle Anne Marie Boël (Uccle, 22 de fevereiro de 1968) é uma artista belga, especializada em esculturas de papel machê. 

E também: 

Delphine Seyrig nascida como Delphine Claire Belriane Seyrig (Beirute, 10 de abril de 1932 - Paris, 15 de outubro de 1990) foi uma atriz do cinema francês.

Delphine LaLaurie, também conhecida como Madame LaLaurie (nascida Marie Delphine Macarty), foi uma socialite estadunidense e suposta assassina em série, que segundo a lenda, ajudou a torturar, mutilar e matar cerca de 96 escravos negros.

Delphine Chanéac (nasceu em Valence, França em 14 de Novembro de 1978) é uma modelo, atriz e DJ Francesa.


.