domingo, 1 de novembro de 2015

Hélio


.
Hélio é um nome incomum em crianças nos dias de hoje. Porém, tem todas as qualidades que ultimamente tem agradado os pais no Brasil: é curto, tem cinco letras, é forte, antigo e vintage. E vem com um adendo muito interessante: o significado.

Hélio vem do grego Helios, que significa "sol". Este era o nome do jovem "deus-sol" grego, filho dos titãs Hipérion e Teia, que atravessava o céu todos os dias em uma carruagem puxada por quatro cavalos. Também pode ser encontrado na grafia Elio (italiano). 

O gás Hélio também é um elemento químico de símbolo He, que se encontra em estado gasoso e é usado em balões dirigíveis ou para fins recreativos. O nome talvez tenha ficado em evidência no Brasil após o caso João Hélio, onde um menino com 6 anos foi assassinado após um assalto no Rio de Janeiro, tendo sido arrastado pelo lado de fora do veículo roubado preso ao cinto de segurança. 

Acredito que, no Brasil, Hélio tenha sido usado sempre com bastante moderação. Não é um daqueles nomes encontrados em enxurradas em determinadas gerações, mas é sutilmente conhecido: acho que todo mundo conhece um Hélio

Em São Paulo, em 2014, por exemplo, segundo dados da Arpen/SP, foram registrados 29 meninos com o nome Hélio. Já em todo o território de Portugal, foram apenas 7 como nome simples, e no caso de nomes compostos encontramos: Hélio António, Hélio Junior, Hélio Santiago, Hélio Christian, Hélio Alexandre.

Não são os compostos mais felizes do mundo, mas acabam totalizando 12 meninos chamados Hélio em Portugal. 

Acredito que pela raridade do nome, tanto no Brasil como em Portugal, ele se torna atrativo e interessante. Se torna uma escolha original, mas não demasiadamente estranha aos ouvidos das pessoas. 



By



.