sábado, 21 de novembro de 2015

Apolo

.

Apolo é um nome de origem grega, mais especificamente derivado de Απολλων (Apollon), de significado desconhecido, embora provavelmente relacionado com a palavra indo-europeia “Apelo”, que quer dizer “força”. Outra teoria afirma que Apolo pode ser equiparado a Appaliunas, um deus anatólio que significa provavelmente “leão pai”. Os gregos associaram o nome Apolo ao verbo grego απολλυμι (Apollymi) que significa “destruir”.

Na mitologia grega, Apolo era filho de Zeus e Leto, e irmão gêmeo de Ártemis. Mais tarde, ele também se tornou deus do sol e da luz. Uma variante deste nome é Appollon, e em outras línguas encontramos Apolinário, Apollonios (grego antigo), Apollinaire (francês), Apolinary (polonês), Apolinar (espanhol). Em fontes menos seguras, encontramos também Apalon (bielorrusso), Apolon (bósnio, búlgaro, croata e sérvio), Apolono (esperanto), Appólon (grego moderno).

É dispensável apresentações sobre o nome de um deus grego. As imagens que o cérebro faz a partir do nome geralmente são associadas com homens bonitos, mas Apolo ainda tem a vantagem de estar ligado com as imagens do sol e da luz. Infelizmente, no Brasil, tiveram a infeliz ideia de nomear um carro popular como Apolo, e até que ele saia da memória das pessoas, sempre vai ter alguém perguntando: “Apolo, como o carro?”.

Mas isso felizmente não acontece em outros países. Por exemplo, Apolo Anton Ono é um patinador olímpico americano. Talvez isso esteja sendo vagarosamente superado, afinal, no ano de 2014, segundo dados da Arpen/SP, foram registrados 25 meninos chamados Apolo e 41 meninos chamados Apollo. O que representa 66 no total, um número bastante expressivo para um nome com essa bagagem toda.

As missões da NASA à lua foram chamadas de Missões Apollo. A mais famosa delas foi Apollo 11, o primeiro a realmente chegar na lua. Apollo 13, outra missão famosa, teve um filme feita sobre ela. 



By



.