segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Antero



Antero é a forma finlandesa de André. André deriva do grego Άνδρέας [Ándreas], formado por άνήρ [aner], que significa "homem", e άνδρός [ándros], "do homem, relativo ao homem, másculo, varonil" - da família léxica de aner (anér), que significa "homem valoroso", e de andreia (andreia), que significa "valentia".

Disponibilizamos aqui as outras versões do nome André, das quais Antero faz parte:

Outras línguas: Andre, Deandre (Africano americano), Andreas (em grego antigo), Ander (basco), Andreas (grego bíblico), Andreas (Bíblico Latina), Andrei, Andrey (búlgaro), Andreu (Catalão), Andria (Córsega) , Andrej, Andrija, Andro (croata), Andrej, Ondřej (Checo), Anders, Andreas (dinamarquês), Andreas, Andries (holandês), Andres, Andrus (Estónia), Antero, Antti, Atte, Tero (finlandês), André (francês), Andria, Andro (Geórgia), Andreas (alemão), Andreas (grego), Andor, András, Endre, Andris, Bandi (húngaro), Aindréas, Aindriú (irlandês), Andrea (italiano), Andrejs, Andris ( letão), Andrius (lituano), Andrej (macedônio), Anaru (maori), Anders, Andreas (norueguês), Andrzej, Jędrzej (polonês), André (Português), Andrei (romeno), Andrei, Andrey (russo), Ándaras (Sami), Aindrea, Dand (escocês), Andrej, Andrija (sérvio), Andrej, Ondrej (eslovaco), Andraž, Andrej (esloveno), Andrés (espanhol), Anders, Andreas (sueco), Andriy (ucraniano), Andreas , Andras (Galês);

Algumas referências do nome Antero:

Antero - Papa do ano 235 a 236.
Antero de Quental - poeta português do Realismo
Antero Pais de Barros - um político brasileiro.

Apesar do nome soar talvez muito antigo e pesado, ele é bem másculo e imponente. Quando ouço Antero, imagino um imperador ou um general. Além disso, a referência a Antero de Quental vale a pena. Para comprovar, aqui vai uma poesia dele:

Nirvana

Viver assim: sem ciúmes, sem saudades,
Sem amor, sem anseios, sem carinhos,
Livre de angústias e felicidades,
Deixando pelo chão rosas e espinhos;

Poder viver em todas as idades;
Poder andar por todos os caminhos;
Indiferente ao bem e às falsidades,
Confundindo chacais e passarinhos;

Passear pela terra, e achar tristonho
Tudo que em torno se vê, nela espalhado;
A vida olhar como através de um sonho;

Chegar onde eu cheguei, subir à altura
Onde agora me encontro - é ter chegado
Aos extremos da Paz e da Ventura!

Antero de Quental, in "Sonetos"





By



.