terça-feira, 27 de outubro de 2015

Imaculada




Imaculada é um nome literal, que remete para "sem mácula", ou seja, "sem nenhum pecado". O nome deriva da imaculada concepção da Virgem Maria, que teria engravidado sem manter relações sexuais. Em inglês usa-se Inmaculada, e o apelido provável é Inma

No Brasil, existe um município na Paraíba com o nome Imaculada, nomeado por um Padre em honra ao santo do dia. É um nome com pouquíssimas referências a não ser questões religiosas, como nome de ordens monásticas, mosteiros, igrejas, etc. 

Maria Imaculada foi o nome usado para o personagem de Luciana Braga na novela Tiêta, onde ela era uma das "rolinhas" do prefeito que oferecia as meninas abrigo, alfabetização e comida em troca de favores sexuais. Esperta, ela consegue driblar o prefeito por muito tempo (numa clara referência a personagem Sherazade de Mil e Uma Noites). 

A novela teve até uma Trilha especial em que Elba Ramalho gravou a música Imaculada, para esta personagem.

É um nome inegavelmente de cunho religioso, e tem forte apelo moral. Uma pequena Imaculada parece nascer com a obrigação de não ter pecado nenhum ao longo de toda a vida. Nesse ponto, sempre pode acontecer da filha ser praticante do ateísmo ou então não ter nenhuma característica de uma pessoa imaculada. 

Se trata do risco que pais que escolhem nomes que são atributos da Virgem Maria ou tem conotação puramente religiosa precisam correr. Mas tudo é uma questão de gosto pessoal, e a sonoridade de Imaculada me agrada, ao contrário da maioria dos nomes literais que são qualidades/atributos. 




By