sábado, 17 de outubro de 2015

Framboesa

.


Deparei-me nos grupos que frequento com a pergunta: "Se pode Amora, por que não pode outras frutas usadas como nome próprio?". A resposta é bem simples: pode. Mas dentro de um bom senso. 

Acho que nenhum pai ou mãe teriam intenção de batizar uma filha como Melancia ou um filho como Limão. Mas existem nomes de frutas tão usáveis quanto Amora. Então me propus a escrever alguns textos específicos sobre os nomes hippies relacionados a frutinhas.

Um deles é Framboesa. Essa não é uma fruta que encontra-se em feiras e supermercados no Brasil, logo, os brasileiros estão acostumados com ela somente em rótulos de outros produtos. Tem aquele xarope de framboesa famosão, usado pelas nossas mães e avós para fazer suco e recheios.

Para início de conversa: o sabor é bom. Como nome, vamos por partes: Framboesa é iniciado por Fram (na sonoridade parecido com Francine e Franciele, tão populares e conhecidos de todos nós), e termina com "Esa", que é a terminação de Teresa, outro nome especialmente comum e usual na língua portuguesa.

Portanto, a sonoridade de Framboesa não é estranha como nome próprio. Até mesmo pode decorrer no apelido usual "Frã" ou "Fran".

Em espanhol, inclusive, dá um nome masculino: "Framboeso" (ficar imaginando a pronúncia espanhola disso é divertido e acho que pode mesmo ser um nome legal). Em inglês (rapsberry) é impraticável e a versão mais legal de todas é a francesa: Framboise

No caso da versão francesa, outras pessoas já tiveram essa ideia: é fácil achar pessoas chamadas Framboise numa rápida olhadinha no Facebook. Já no Brasil, há só páginas de lojas de doce.

Eu acho que escolher o nome Framboesa para uma filha é algo extremamente ousado e para pessoas que tem muita personalidade, e assim como são, irão ensinar a filha a ter bastante personalidade para segurar um nome incomum. 

Porém, é muito fofo e significativo! Então, se você gostou, vá em frente! 



By



.