segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Desdêmona

.


Desdêmona deriva do grego δυσδαιμων (dysdaimon) que significa "malfadada", ou seja, "Aquela que tem má sorte". Este era o nome da esposa assassinada de Otelo na peça homônima de Shakespeare (1603).



É um significado pouco animador, tendo em vista ainda que a personagem de Shakespeare, esposa de Otelo, é assassinada por ele que sofre de enlouquecedor ciúme. Iago, o vilão, incrimina-a usando um lenço que lhe é roubado, e faz Otelo acreditar que ela é adúltera, em vingança por não ter sido promovido.

A peça foi transformada em ópera por Verdi e é considerada um dos clássicos de maior sucesso deste. 

Uma lua de Urano, descoberta em 1986, recebeu o nome de Desdêmona em referência a peça de Shakespeare. 


Apesar do significado, acho que é um nome bonito, ideal para quem  não liga para o significado. Afinal, ninguém se apresenta dizendo: "Olá! Sou Desdêmona e significa má sorte". E apesar do destino, a heroína da peça de Shakespeare era bondosa e honesta, só teve mesmo má sorte! 

Além disso, como as Cecílias não nascem cegas, nenhuma Sara que eu conheço é princesa, nem as Déboras nascem com cara de abelha, não significa evidentemente que uma Desdêmona terá má sorte. Isso é superstição. 

Ao longo dos últimos 90 ou 100 anos, apenas 93 pais pensaram assim. Esse é o número de pessoas chamadas Desdêmona que temos no Brasil, segundo o IBGE (Nomes no Brasil, Censo 2010), sendo que a maioria delas nasceu antes de 1930, e quase a metade em São Paulo. 

Gosto de nomes que se destacam, e com certeza Desdêmona é um deles. Gosto muito da ênfase fechada da segunda sílaba, do acento circunflexo e do fato do nome ser longo (tem 9 letras), pois nomes longos sempre me parecem mais potentes.




By




.