segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Hermione

Ema Wattson como Hermione Granger. 

Hermione, possivelmente, é um nome derivado do deus grego Hermes, que por sua vez, significa algo como “monte de pedras”. Hermes era um deus associado com a velocidade e boa sorte, que serviu de mensageiro para Zeus.
 
Na mito grego, Hermione era filha de Menelau e Helena. Quando tinha nove anos de idade, foi abandonada pela mãe, quando esta fugiu com Páris para Troia, que só retornaria dez anos depois. Uns anos mais tarde, Hermione se casou com Neoptólemo, filho de Aquiles, se tornando rainha de Épiro. Mandou assassiná-lo, pois tinha muitos ciúmes de Andrômaca, amante de seu marido, com quem ele tinha três filhos. Hermione tornou-se então esposa de Orestes (a quem já havia sido prometida), que era seu primo e simultaneamente o assassino de Neoptólemo. Teve Tisâmeno e viveu muitos anos como rainha de Esparta, Micenas e Épiro.

Aparentemente, o nome passou muito tempo morto e enterrado até ser reavivado por Shakespeare, onde Hermione é o nome da esposa de Leontes, rei da Sicília, que era amigo de Polixines, rei de Bohemia, na peça “Contos de Inverno”, escrita em 1610.  No início da peça, Polixines tem visitado Leontes e Hermione por nove meses, e a gravidez de Hermione era visível. Por causa disso e por causa da atenção que Polixines dava à ela, Leontes conclui que sua esposa foi infiel. Finalmente, porém, ele percebe o contrário, e no final, ele, Hermione e seus filhos estão unidos e felizes.

Na atualidade, porém, são poucos os que conhecem o nome a partir da peça de Shakespeare, e sim, a partir de Hermione Granger, da série de livros e filmes Harry Potter, lançado pela primeira vez em 1997. Ela é o principal personagem feminino da série de JK Rowling e melhor amiga do protagonista, descrita como inteligente, dedicada e sem a qual os demais personagens não sairiam de várias aventuras. Tanto o uso moderno em Harry Potter quanto ao clássico de Shakespeare tornam o nome conectado com peças de literatura de estilos distintos, mas muito influentes.

Podem ser consideradas variantes do nome, embora sem confirmação oficial: Hermesind, Hermia, Hermion, Hermíone, Hermionee e aparentemente, seria o mesmo nome de Harmonia (ou Hermiona), filha de Ares e Afrodite, esposa de Cadmo, mãe dos deuses menores Semele e Ino. Embora não haja nenhum indicio etimológico confiável sobre isso, faz um certo sentido a semelhança entre Hermione e a palavra “harmonia”.

De qualquer forma, o nome não é exclusivo da literatura e podem ser encontradas (raras) pessoas no mundo real. Por exemplo, Hermione Norris é uma conhecida atriz britânica (interpretado Karen Marsden na série de TV "Cold Feet" e Carol Jordan em "Wire in the Blood"); A filha mais nova de Laurence Llewelyn-Bowen (é um decorador e consultor de interiores e personalidade de televisão britânico, melhor conhecido por suas aparições no programa Changing Rooms, da BBC. É também notório por seu comportamento exibido e ajanotado) é chamada de Hermione e ainda, existem as pouco conhecidas atrizes britânicas Hermione Gingold (1897- 1987) e Hermione Baddeley (1906-1986).


A ligação mitológica, com Shakespeare e com Harry Potter tornam o nome interessante do ponto de vista literário. Acho-o um nome perfeitamente adorável, e creio que as associações com o mundo “bruxo” realmente façam as pessoas rejeitarem o nome, e em casos isolados, usarem justamente como homenagem (ainda temos muitos Potter Heads por ai). Pelo menos para mim é um detalhe que não importa muito: Hermione não era vilã ou mau caráter. Trata-se de mais um nome mítico, raro e doce  - com certeza belo em sua singularidade. 


By




.