sábado, 29 de agosto de 2015

Edmundo

.
Apenas um registro em Portugal, e nenhum que se tenha conhecimento no Brasil: Assim é Edmundo, um nome considerado por muitos, senil e geriátrico.

Mas não para quem aprendeu a amar esse nome a partir do livro e dos filmes de Crônicas de Nárnia: ele é interessante e poderia muito bem ser retomado. Edmund é o terceiro mais jovem entre os irmãos Pevensie na obra de CS Lewis. Ele era um traidor, mas foi redimido e perdoado e mais tarde tornou-se um rei.

Origina-se a partir dos elementos do inglês antigo “Ead”, que quer dizer “Riqueza, Fortuna” e “mund”, que significa “proteção”. Por extensão, significa guardião/protetor da riqueza.

Foi o nome de dois reis anglo-saxões da Inglaterra, e foi levado por dois santos, incluindo um rei de East Anglia que, no século IX, segundo a lenda, foi morto a flechadas após se recusar a dividir seu reino cristão com um líder dinamarquês pagão.

Portadores famosos incluem o poeta inglês Edmundo Spenser, o filosofo checo-germânico Edmund Husserl, o montanhista neozelandês Edmund Hillary (a primeira pessoa a escalar o Monte Everest).

Em outros idiomas, encontramos as seguintes grafias:Eadmund (Anglo-saxão), Edmund, Ed, Eddie, Eddy, Ned (Inglês), Edmond, Edme (francês), Edmund (alemão), Odon, Odi (húngaro), Eamonn, Eamon, Eamon (irlandês) , Edmondo (italiano), Edmao, Mao (Limburguês), Edmund (polonês);

Edmund era o filho mais novo do rei Henrique VII de Inglaterra e Elizabeth de York. Ele era o irmão mais novo do rei Henry VIII de Inglaterra, mas morreu jovem. Edmund também era o segundo filho do rei Eduardo I da Inglaterra e sua segunda esposa Margaret da França. E ainda, Edmund era o nome do filho do rei Edward III de Inglaterra e sua esposa Filipa de Hainaut.




By




.