sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Boromir


Boromir, interpretado por Sean Bean nos filmes
da trilogia "O senhor dos anéis"
Estamos diante de mais um nome literário, sem ocorrências anteriores no "mundo real". Sempre fui uma admiradora incondicional da capacidade de certos autores em inventarem nomes perfeitamente deslumbrantes e únicos para seus personagens.

E assim é Boromir. Segundo a obra de JRR Tolkien, O Senhor dos Anéis, Boromir é o filho de Denethor, Regente de Gondor. Ele é um dos nove membros da Sociedade do Anel e morre em batalha defendendo os hobbits Merry e Pippin. Em Sindarim (élfico), o nome significa "mão de jóias". 

Boromir é retratado com um caráter honroso e nobre que acredita apaixonadamente na grandeza do seu reino, que teria defendido seu povo até o fim. De grande resistência e força física, juntamente com uma personalidade forte e autoritária, foi um comandante amplamente admirado no exército de Gondor: ele foi feito Capitão da Torre Branca, e rapidamente se tornou capitão-mor, também com o título alta Guardião da Torre Branca.

Entretanto, Boromir vai mudando ao longo do segundo livro da trilogia. Ele deseja o poder e acredita que Gondor está destinado a combater o mal. No final, acaba atacando Frodo tentando retirar-lhe o anel. Suas tentativas em tentar ganhar o Anel para si têm sido descritas como bem-intencionadas, mas esquecendo-se do perigo potencial.

No caso de nomes literários, acabamos falando mais do personagem do que do nome em si. Pois bem, tentemos focar nos aspectos onomásticos de Boromir: Sabemos que ele foi inventado por Tolkien, e  é consenso que ele foi muito feliz em suas invenções. Entretanto, por conta de sua semelhança com Vladimir ou Dragomir, nomes usados a séculos no mundo real, sua sonoridade não é estranha.

Para quem não conhece a sua origem, ele passaria muito bem como um nome usado em tempos medievais em algum reino antigo, talvez russo ou ucraniano. Poderia perfeitamente ser o nome de um antigo rei ou príncipe de um povo esquecido no tempo. Ou seja, um nome usável no mundo real.



by



.