quarta-feira, 29 de julho de 2015

Geraldine

.
O nome chegou até meus ouvidos através da atriz Geraldine Somerville, conhecida por interpretar Louisa em Titanic e a Lily Evans, a mãe de Harry Potter nos filmes da série. Ela é maravilhosa, e torna o nome totalmente musical em sua pele! É claro que como toda apaixonada por nomes, prestei atenção primeiro nesse aspecto do que na sua beleza ou atuação profissional.

O nome é a forma feminina de Gerald (Geraldo), que deriva de um nome germânico que significa "regra da lança", a partir dos elementos ger "regra" e Wald "lança".

Os normandos trouxeram esse nome para a Grã-Bretanha. Apesar de ter morrido na Inglaterra durante a Idade Média, manteve-se comum na Irlanda. Foi revitalizado no mundo de fala inglesa no século 19.

Geraldine Chaplin (filha de Charlie Chaplin e Oona O'Neill) é outra portadora famosa. A atriz é mãe de Oona Castille Chaplin, atriz que assumiu o papel de Talisa Maegyr na série de televisão norte-americana Game of Thrones. E também, Geraldine Sue Page foi uma atriz norte-americana celebrada como uma das grandes damas dos palcos da Broadway e vencedora dos prêmios Oscar e Globo de Ouro no cinema e Emmy na televisão. Geraldine Farrar é uma grande cantora clássica americana.

Este nome foi criado pelo conde de Surrey, Henry Howard, no século XVI como um apelido poético para Lady Elizabeth Fitzgerald (Gerald + a terminação feminina “ine”). Ela foi a inspiração para  soneto "The Geraldine", escrito por ele. 

Ela foi a inspiração para O Geraldine, um soneto escrito por Henry Howard, conde de Surrey.

Há algo sobre esse nome que me atrai profundamente. Aparenta ser delicado, mostrando força ao mesmo tempo. Além disso, consigo imaginar uma criança, uma mulher adulta e uma vovó com esse nome sem maiores problemas. 

Além disso, é um nome absolutamente original, com a letra G, a qual é difícil encontrar bons nomes femininos sem que pareçam demasiadamente melosos. Na minha opinião, são vários bons motivos para nomear uma filha como Geraldine



By




.